História - Nossa Liga Master de Vôlei Feminino

Conheça um pouco da NOSSA história!

Em março de 2008, por iniciativa de Rosana Watanabe Merlo, da equipe do Amigas/Dohms, foi sugerida a criação de uma competição de voleibol feminino na categoria mais de 35 anos como alternativa para as equipes que não participavam da Liga Master já existente na cidade de Porto Alegre.

Reuniram-se as representantes das equipes: Amigas/Dohms (Rosana Merlo), Brasil Sul (Suzana Schumacher), Getúlio Vargas (Tânia Carvalho), Lindóia (Adriana Fuscaldo),  professora Daniella Peretti para formar a Comissão Organizadora do então denominado CIRCUITO DE VOLEIBOL FEMININO MASTER. Contou-se também com o suporte técnico do professor Leonardo (Banha).

 

CIRCUITO DE VOLEIBOL FEMININO MASTER começou a ser disputado a partir de abril de 2008 nas dependências do Lindóia Tênis Clube com a participação de 5 equipes: Amigas/Dohms, Ararigbóia, Brasil Sul, Getúlio Vargas e Lindóia.

Foram realizadas 5 etapas classificatórias, nas quais as equipes jogaram no sistema todos contra todos. Em 18 de outubro, foi realizada a 6ª e última etapa daquele ano e as equipes classificadas de 1º a 4º lugares cruzaram entre si, sagrando-se campeã a equipe do Getúlio Vargas, vice-campeã Brasil Sul e em terceiro lugar a equipe do Lindóia.

No ano de 2009, a equipe Getúlio Vargas passou a se chamar Concórdia e, com a saída do Ararigbóia, foram incluídas as equipes do Murialdo, Lobas e Wiki Vôlei. O Circuito passou, então, a ser disputado com 7 equipes.

A premiação tornou-se semestral e a equipe campeã no 1º semestre foi o Concórdia, ficando o Lindóia em 2º lugar e o Brasil Sul em terceiro. No segundo semestre, o Lindóia ficou com o 1º lugar, o Wiki em segundo e o Concórdia em terceiro.

Em 2010, foi a vez do Murialdo mudar o nome e passou a chamar-se Master Sul. Foram incluídas mais três equipes: o CPG, CEPE e Cristo Redentor, totalizando 10 equipes. A competição mudou o nome para NOSSA LIGA VÔLEI, mas o formato de jogar todos contra todos foi mantido.

Nesse ano, outra sede para os jogos foi colocada à disposição, as quadras do Colégio Cristo Redentor, na cidade de Canoas. Em julho de 2010 foi conhecido o campeão do 1º semestre, equipe Lindóia, vice-campeão foi Wiki Vôlei e o Concórdia ficou com o bronze.

Com maior número de equipes, a NOSSA LIGA tornou-se mais competitiva e as equipes foram crescendo tecnicamente, ficando as partidas mais acirradas. No segundo semestre, a final foi realizada em 06/11 e o resultado foi Lindóia em 1º lugar, Cristo em 2º e Concórdia em 3º.

Em 2011, a equipe do Lindóia afastou-se da Liga e foi substituída pelo Comercial Sarandi. Nesse ano, foi sugerida a alteração no formato da competição passando a premiação a ser anual. Passou-se a contar com três locais para os jogos, ou seja, a sede do CPG em Porto Alegre além de CEPE e Cristo Redentor em Canoas. Foram disputadas 8 etapas classificatórias e apesar da equipe do Cristo Redentor ter obtido os melhores resultados nessa fase, acabou perdendo no cruzamento da 9ª etapa e acabou sem premiação. A grande campeã foi a equipe do Comercial Sarandi, em 2º lugar ficou o CPG – Clube do Professor Gaúcho e em 3º lugar o Concórdia.

Em 2012, a equipe Lindóia voltou à competição após a saída do Wiki Vôlei, e foi incluída também a equipe do Kali, ficando a NOSSA LIGA constituída de 11 equipes. A premiação voltou a ser semestral, mas a novidade é que seriam disputadas as séries ouro e prata. Dessa forma, conseguiu-se contemplar mais equipes além de proporcionar uma competição mais equilibrada e estimulante para todos.

Em 2013, com a saída da Equipe Comercial Sarandi e a entrada das Equipes São Lucas / Freevoley, Via Vôlei, Colégio Santa Inês e AVVES formou-se um grupo de 13 equipes, mostrando que a NOSSA LIGA vêm crescendo, se expandindo e agregando pessoas que têm o mesmo bem em comum, jogar voleibol e se divertir.

Em 2014, a equipe do São Lucas/Freevoley se retirou da Liga. Com isso, os representantes das equipes decidiram que Nossa Liga Voleibol Master deveria ser formatada com 12 equipes.

Assim, todas as atletas, comissões técnicas e torcida continuam a se encontrar mensalmente para confraternizar, jogar muito vôlei e, acima de tudo, se divertir, mantendo acesa a chama desse esporte que a cada dia ganha mais notabilidade no Brasil e no mundo!